quarta-feira, 19 de março de 2014

A oração do pai nosso parte 2: “Santificado seja o teu nome”

Passaremos agora a uma inserção ainda mais profunda do “Pai Nosso”, pois, estamos tratando com alguém que não é apenas nosso pai, mas, também é Deus. Podemos então perguntar o que isso quer dizer? Em primeiro lugar isso significa que ele está acima de nós e que é isento de qualquer de nossas fragilidades. 

Em segundo lugar, ser Deus significa ser perfeito e está acima de todas as coisas. Pedir para Deus santificar seu nome é nada mais do que uma atitude de profunda reverência e reconhecimento de quem Deus realmente é. Ele por ser santo não pode em hipótese alguma aceitar nossos pecados, embora nos ame ele determinantemente todavia odeia os nossos pecados. E é o fato de saber isso que nos coloca de joelhos e com muito temor perante sua face. 
Os próprios Judeus não ousavam chamar pelo nome de Deus por qualquer motivo, pois eles já haviam sido advertidos pela palavra que diz: Não tomarás o nome do Senhor seu Deus em vão, porque o Senhor não terá por inocente quem toma seu santo nome em vão. (Êxodo 20:07), sendo assim, vemos a enorme diferencia entre a primeira frase e a segunda. Como pai "podemos sentar em seu colo, acariciar sua barba" e pedir o que quiser. Como Deus ficamos de joelhos de cabeça baixa pedindo misericórdia e esperando que sua graça nos alcance e nos levante do chão. Bem, começa-se a notar que a oração do “Pai Nosso” não é apenas um conjunto de palavras bonitas de dizemos para Deus, mas, é acima de tudo um ato de rendição e entrega a Ele, é a maneira correta de se relacionar com aquele que é nosso pai e nosso Deus. 

Deus em Cristo Jesus abençoe a todos.

Por: Ev. João Bosco de Lima
Cidade de Pouso Alegre - MG
Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204

Nenhum comentário:

Postar um comentário